Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Proest lança segunda edição da pesquisa sobre Assistência Estudantil
Início do conteúdo da página
BOLSISTA, PARTICIPE!

Proest lança segunda edição da pesquisa sobre Assistência Estudantil

Por Samuel Lima | Publicado: Sexta, 27 de Abril de 2018, 17h09 | Última atualização em Terça, 05 de Junho de 2018, 15h22

Pesquisa pode ser acessada diretamente pelo celular, com login e senha institucionais (Foto: Daniel dos Santos/Dicom)Pesquisa pode ser acessada diretamente pelo celular, com login e senha institucionais (Foto: Daniel dos Santos/Dicom)A Pró-reitoria de Assuntos Estudantis da Universidade Federal do Tocantins (Proest/UFT) abrirá de 02 até 31 de maio o período de respostas à 2ª Edição da Pesquisa de Assistência Estudantil da UFT. O formulário é online (acesse aqui) e deve ser respondido por todos os alunos (bolsistas) beneficiados pelos programas de assistência estudantil da Universidade (Auxílio Moradia, Auxílio Permanência, Auxílio Alimentação, Atenção à Saúde, Bolsa Permanência – MEC, Auxílio Eventos – MEC e outros).

Segundo Luciano Almeida Ferreira, da Diretoria de Acompanhamento dos Programas de Assistência Estudantil, a pesquisa é um instrumento de avaliação das ações desenvolvidas pela Pró-reitoria. "O questionário será aplicado a todos os bolsistas da UFT, para verificação da satisfação deles em relação aos programas que fazem parte", pontuou.

Pnaes

A pesquisa visa também atender ao Decreto nº 7.234, que estabelece o acompanhamento e avaliação do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes). O questionário online consiste de 39 questões que vão desde a identificação do bolsista, influência da bolsa no rendimento acadêmico, gastos com moradia, alimentação e transporte até à própria satisfação do bolsista com o programa em que está inserido. A pesquisa pode ser acessada até de celulares, com inserção de login e senha institucionais quando solicitados.

A primeira edição da Pesquisa, por exemplo, apontou que o rendimento acadêmico dos beneficiados com auxílios alimentação e permanência melhorou. Outros resultados apontam que para um terço dos entrevistados, os auxílios atendem de forma integral às necessidades financeiras no sentido de garantir a permanência deles no ambiente acadêmico. Outros detalhes da primeira edição da Pesquisa podem ser conferidos no documento postado pela Proest em sua página no Portal da UFT.

(Clique no banner para ser redirecionado até a pesquisa)

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página