Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Diversas atividades são realizadas para recepcionar os calouros
Início do conteúdo da página
Recepção aos calouros

Diversas atividades são realizadas para recepcionar os calouros

Por Elini Oliveira | Supervisão: Poliana Macedo | Publicado: Sexta, 09 de Fevereiro de 2018, 08h49 | Última atualização em Sexta, 23 de Fevereiro de 2018, 17h20

A UFT começou mais um semestre letivo com muita animação. Os estudantes matriculados nos mais de 50 cursos de graduação, nos sete câmpus da Instituição, vêm sendo  recebidos durante essas primeiras semanas de aulas com atividades festivas de recepção, organizadas pelos Centro Acadêmicos, coordenações de curso e os próprios veteranos. As atividades substituem os trotes violentos que são ilegais e vão contra os princípios e diretrizes da universidade. 

Recepção  

Para abrir  período letivo de 2017/02, o Centro Acadêmico do curso de Jornalismo (Calangos), em Palmas , está realizando a Primeira Semana  de Recepção aos Calouros (Secarjo), que é uma maneira de levar uma mensagem de boas-vindas para os recém-chegados, por meio de oficinas, música ao vivo e plantio de árvores no entorno do complexo laboratorial do curso. De acordo com o estudante Lukas Marinho, a recepção busca criar uma identidade de acolhimento por meio de uma programação diversificada e leve. "Como se fosse uma semana acadêmica, só que, voltada mais para receber esses calouros. Começou na segunda e tivemos oficinas de como sobreviver na universidade que apresenta todos os setores do Câmpus bem como, eventos que são importantes para jornalistas, oficina de fanzine, música ao vivo e na quinta-feira  teremos uma oficina de corpo e expressão e na sexta plantaremos algumas mudas  de árvores ao redor do complexo e dinâmica em grupo", explica.  Para Lukas, a inciativa minimiza a tensão dos ingressantes. "Isso meio que quebra aquela tensão de primeira semana de aula, além de transformar e deixar mais dinâmico e leve a entrada na universidade", conta. 

Minimizar as tensões que surgem nos novos discentes ao adentrar no ambiente acadêmico também é o que  o Programa de Educação Tutorial (PET), do curso de Engenharia de Alimentos, do Câmpus de Palmas, vêm  realizando há alguns anos. No ano de 2018, o Programa realizará amanhã (09), uma recepção aos calouros. Estão programados para acontecer após a aula deles uma exposição do curso em slides, dinâmicas, apresentações dos laboratórios, bem como, apresentações de Informações sobre os projetos de ensino, pesquisa e extensão da UFT. A estudante Letícia Camargo, uma das 12 integrantes do Pet de Engenharia de Alimentos explica que o motivo é a interação. " Para que eles possam interagir entre eles e também com os seus veteranos", conta. 

Trote solidário

No Câmpus de Porto Nacional o bom exemplo vêm do curso de Letras, que promoverá, por meio do Centro Acadêmico de Letras (CAL), no próximo sábado (10), uma ação solidária com arrecadação de alimentos não perecíveis para o abrigo de idosos João XXIII, localizado na cidade. De acordo com a organização da ação, o trote pretende com criatividade, senso crítico e solidariedade, incentivar para que os calouros possam fazer boas ações. "É necessário que nós, veteranos, tenhamos a consciência da cidadania e sua real importância enquanto estudantes de uma Universidade Federal Brasileira. É claro que outros tipos de trotes ainda podem continuar, desde que todos concordem e que não haja excessos. Mas por que não fazer também o trote solidário e ajudar a quem precisa?". Ainda de acordo com o C.A. durante a semana os novos discentes estarão arrecadando os alimentos no Câmpus. No dia 17 está previsto para acontecer a entrega dos alimentos arrecadados no abrigo, além de  roda de conversa, música ao vivo, palestras e um delicioso coffee break especialmente para os idosos.

Arrecadação de alimentos com a ajuda dos calouros também é o foco do trote solidário do curso de Administração em Palmas. Que fará a doação para famílias que precisam do alimento no dia 09 (amanhã) e ainda premiará (no dia 10) o calouro que mais arrecadar alimentos não perecíveis. 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página