Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Miracema

Nota de falecimento: Aucione Reis do Nascimento

É com grande pesar que a Universidade Federal do Tocantins informa o falecimento, na madrugada desta terça-feira (13), da Aucione Reis do Nascimento. A estudante, que nasceu em Ourém (PA), tinha 34 anos e cursava Pedagogia no Câmpus de Miracema. A Direção do Câmpus decretou luto oficial de três dias. As aulas noturnas do curso de Pedagogia nesta terça-feira foram suspensas; as demais atividades, entretanto, estão mantidas, segundo informe da Direção do Câmpus.

De acordo com informações obtidas no Câmpus, Aucione era estagiária colaboradora do curso de especialização em Educação, Pobreza e Desigualdade Social (EPDS). Ela estava afastada para um tratamento de saúde e seguiria para Belém (PA), mas teve a condição agravada e foi hospitalizada, vindo a falecer na madrugada desta terça-feira.

Obras de expansão são confirmadas no Câmpus de Miracema

Nesta terça-feira (18), a Universidade Federal do Tocantins deu continuidade ao processo de expansão e consolidação de seus câmpus com a assinatura de termo e ordens de serviços que beneficiam diretamente o Câmpus de Miracema.

Foi assinado o termo de doação de terreno com área de 13 hectares que será anexado aos 27 hectares já previstos para o novo Câmpus em construção, Unidade Cerrado. Também foram assinadas as ordens de serviço para construção de salas de aulas, salas administrativas e laboratórios; início da construção do complexo esportivo; e início da construção da pista de atletismo e campo de futebol.

Para a diretora do Câmpus, Vânia Passos, o crescimento da UFT em Miracema representa desenvolvimento não só para a cidade, mas também para os municípios vizinhos como Lajeado, Miranorte e Tocantínia. "Na história da UFT em Miracema, sempre houve uma forte relação entre o Câmpus e a comunidade local. Portanto, esse desenvolvimento é uma demanda de diversos segmentos da sociedade na região". A diretora acrescenta que há grandes expectativas pela contribuição econômica, profissional, cultural e humana que a universidade traz para a região.

O terreno que será anexado ao novo Câmpus em Miracema é uma doação do empresário Alaor Silva Junior, representado na ocasião por seu filho, Felipe Marrocos. "Meu pai tem relação com a cidade há sete anos e acredita que a educação é capaz de trazer desenvolvimento para a cidade. Estamos muito satisfeitos com a retomada da obra e que um dia a gente possa ver 5 mil estudantes dentro do Câmpus".
Reitora Isabel Auler e empresário Felipe Marrocos assinam termo de doação de terreno para ser anexado à UFT (Foto: danieldossantos)Reitora Isabel Auler e empresário Felipe Marrocos assinam termo de doação de terreno para ser anexado à UFT (Foto: danieldossantos)
A empresa responsável pela retomada das obras da Unidade Cerrado explicou através de seu representante, João Cunha, que a obra será concluída em 11 meses, como previsto em contrato. Já o representante da empresa responsável pela construção da pista de atletismo, Décio Schwarts, afirmou que a pista será feita com a mesma tecnologia de ponta utilizada nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro realizados neste ano.

Câmpus de Miracema
O Câmpus de Miracema oferta quatro cursos de graduação: Pedagogia, Serviço Social e mais recentemente Educação Física e Psicologia. A reitora Isabel Auler comentou que os cursos são estratégicos para o desenvolvimento regional e aproveitou a ocasião para evidenciar números importantes para a discussão a respeito do futuro do ensino superior gratuito. "Mais de 76% dos estudantes da região norte do país se enquadram no perfil atendido pelo Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes). São estudantes com renda familiar inferior a dois salários mínimos e que dependem da assistência estudantil para se manterem na universidade".

A estudante de Serviço Social, Bianca Silva, pediu a palavra para questionar os efeitos da PEC 241 na educação pública. O projeto prevê que o teto de despesas públicas seja congelado pelo período de 20 anos. A reitora destacou a formação acadêmica como representação da melhoria da dignidade humana e formação de profissionais qualificados para atuarem no Tocantins. Isabel ainda respondeu que a instituição debaterá o assunto na próxima reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), prevista para a próxima semana. Mas adiantou que o fórum de reitores da região norte já está discutindo o assunto.

Comunidade acadêmica celebra o anúncio das obras de expansão em Miracema (Foto: danieldossantos)Comunidade acadêmica celebra o anúncio das obras de expansão em Miracema (Foto: danieldossantos)

Os desafios da docência universitária são discutidos na UFT em Miracema

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), em parceira com a Direção do Câmpus de Miracema, realizará nos dias 28 e 29 de novembro e 6 de dezembro, o evento “Desafios da Docência Universitária: a dimensão investigativa da graduação e da pós-graduação stricto sensu”. O evento ocorrerá no auditório de audiovisual do Câmpus de Miracema e integra o Programa de Formação Docente Continuada (Profor).

Durante a programação serão realizados debates e conferências sobre a temática. O objetivo é aprofundar questões especificas da docência, que inclui o ensino, a pesquisa e a extensão, para que se possa estabelecer de forma consistente a articulação entre a graduação e a pós-graduação. A partir desse aprofundamento o grupo pretende elaborar em conjunto com a comunidade acadêmica, uma proposta de curso de pós-graduação Stricto sensu a ser ofertado nos campos.

A Diretora do Campus de Miracema, Vânia Passo, explica a importância desse debate no âmbito acadêmico. “Esses debates são importantes por proporcionar uma reflexão e subsidiar ações referentes ao nosso trabalho enquanto docentes universitários. A partir disso, constituímos uma fonte efetiva de formação de novos profissionais, ampliando a atuação e função social da Universidade".

Fim do conteúdo da página