Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Projeto leva informações sobre alimentação saudável para crianças da capital
Início do conteúdo da página
NUTRIÇÃO

Projeto leva informações sobre alimentação saudável para crianças da capital

Por Paulo Teodoro | Supervisão: Samuel Lima | Publicado: Sexta, 11 de Agosto de 2017, 17h56 | Última atualização em Sexta, 11 de Agosto de 2017, 18h01

As atividades do projeto Juventude Ativa envolvem estudantes e também suas famílias (Foto: Divulgação)As atividades do projeto Juventude Ativa envolvem estudantes e também suas famílias (Foto: Divulgação)A vontade de quatro alunas do curso de Nutrição de levar informações sobre nutrição adequada e saudável, de um jeito divertido e lúdico, a crianças de Palmas, resultou na criação do grupo "Juventude Ativa". Através da orientação da professora convidada do curso e também especialista em nutrição materno-infantil, Lúcia Helena Almeida, a iniciativa foi implementada em território de saúde Krahô e nas quadras que são de abrangência dos Centros de Saúde da Comunidade das quadras 1004, 1103, 1206 e 1304 Sul.

O projeto tem como público-alvo crianças e adolescentes de seis a 14 anos e seus pais, e já está no terceiro mês de aplicação. Segundo a professora Lúcia Helena Almeida, o "Juventude Ativa" tem o objetivo de empoderar as crianças para decisões alimentares saudáveis, criando um hábito que possa prevenir de doenças crônicas (hipertensão, obesidade, diabetes, dentre outros) neles e em seus familiares. "Essa ideia se tornou muito maior e mais eficiente do que pensávamos inicialmente, mostrando uma importância na relação da criança com o alimento e na relação da família com a criança", afirma.

As atividades envolvem o lúdico (vídeos, brincadeiras, jogos, pintura) relacionado à proposta do projeto e acontecem quinzenalmente, em dois dias, com locais e horários diferentes, de modo a permitir que as crianças ou adolescentes participem e não faltem às aulas. Porém, antes de tudo, todos participantes passam por uma avaliação do peso e da estatura, que resulta em um diagnóstico nutricional. Além disso, as crianças e adolescentes fazem um recordatório alimentar, que analisa os hábitos alimentares.

Lúcia Helena pontua que algumas mudanças já estão sendo observadas. "As crianças que participam conosco já conseguem fazer escolhas alimentares mais saudáveis e inclusive cobram dos pais, além disso a interação com outras crianças e adolescentes favorece discussões e troca de experiências entre eles", destaca a professora.

Participam do projeto também as nutricionistas do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), Marcella Miranda e Giovanna Falcão, as alunas idealizadoras do projeto, Thaís Braga, Amanda Marques, Ana Clara Costa e Bruna Taveira, e Bruna Motta, outra aluna participante. A previsão é que a iniciativa termine no final do ano, mas a professora ressalta que se tudo der certo, o projeto pode se expandir com a inserção de mais alunos e profissionais.

registrado em:
marcador(es): Palmas,Nutrição,Home
Fim do conteúdo da página