Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Marcadores
Início do conteúdo da página

Enade

Acadêmicos terão até o dia 26 para preencher o questionário obrigatório

A lista dos avaliados  pode ser conferida no edital.

Prazo para justificativa de ausência no Enade 2016 termina nesta terça-feira

Alunos de graduação convocados para o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) em 2016 que deixaram de realizar a prova realizada em 20 de novembro do ano passado têm somente até esta terça-feira (31) para justificar sua ausência ou apresentar solicitação de dispensa.

Os procedimentos necessários estão descritos em documento divulgado pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd). O resultado da análise das justificativas deve ser divulgado no dia 3 de fevereiro no site www.uft.edu.br/enade.

Além disso, os convocados têm até o dia 22 de fevereiro para responder ao Questionário do Estudante que integra a avaliação, no site do Enade.

Estudantes que tiverem suas justificativas indeferidas pela Instituição de Ensino Superior (IES) poderão ainda solicitar dispensa diretamente ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entre os dias 8 e 22 de fevereiro.


Sobre o Exame

O Enade avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas ao longo de sua formação.

Conforme disposição do art. 5º, § 5º, da Lei nº. 10.861/2004, o Enade é componente curricular obrigatório, e só pode constar no histórico escolar dos estudantes que estiverem situação regular com relação a essa obrigação. Assim, o estudante concluinte habilitado ao Enade que não realizar a prova nem tiver sua justificativa de ausência deferida não poderá receber o seu diploma enquanto não regularizar a sua situação.

Em 2016, sete cursos da UFT foram incluídos na avaliação do Enade: Medicina Veterinária e Zootecnia, no Câmpus de Araguaína; Agronomia, no Câmpus de Gurupi; Serviço Social, no Câmpus de Miracema; Enfermagem, Medicina e Nutrição, no Câmpus de Palmas.

Fim do conteúdo da página