Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Arraias > Município
Início do conteúdo da página

Município

O município de Arraias localiza-se na região sudeste do Tocantins, a 450 km da capital, Palmas. Sua história remonta da época do garimpo. Com a descoberta do ouro na região, escravos em fuga, provenientes de São Paulo e da Bahia, refugiaram-se no lugar que passou a ser conhecido como Chapada dos Negros, dando origem ao arraial da Chapada dos Negros. O garimpo da chapada dos Negros era tão rico que, em 1740, Dom Luís de Mascarenhas, o governador da capitania de São Paulo, veio pessoalmente ao arraial e tomou posse dos veios auríferos. Com auxílio do capitão Felipe Antônio Cardoso, filho de Arraias, e com ajuda também dos escravos, mudou o arraial para outro local, distante três quilômetros onde hoje se localiza a cidade. Juntamente com Domingos Pires, definiu um traçado das ruas e fundou o arraial de Nossa Senhora dos Remédios de Arraias.

Ainda no século XVIII, procurando resguardar sua arrecadação aqui na Capitania de Goiás, a Coroa de Portugal instalou postos de fiscalização e arrecadação dos tributos incidentes sobre animais em trânsito de uma capitania para outra. Assim como os "registros" fiscalizavam o ouro, as "contagens" eram especializadas na tributação de gado e outros animais. Contudo, fiscalizavam e arrecadavam outros tributos de quem por ali passasse. A expressão "contagem" foi usada pela primeira vez em Minas Gerais para designar o posto de fiscalização do Ribeirão das Abóboras, que deu origem à atual cidade de Contagem, naquele Estado. Entretanto, foi em Goiás que existiram em maior quantidade. Seus servidores eram os "contageiros". Em 1798, a Rainha D. Maria I determinou a extinção desse cargo, que foi unificado com o cargo de "fiel de registro". Arraias também teve seu posto de contagem denominado "Contagem de Arraias", que foi mencionado em 1812 pelo Padre Luís Antônio da Silva e Sousa.

Formação Administrativa

Em 16 de agosto de 1807, o arraial de Nossa Senhora dos Remédios de Arraias foi elevado à condição de Julgado, que, em 18 de março de 1809, foi citado no Alvará de D. João VI criando a Comarca do Norte em 1º de abril de 1833, foi elevada à categoria de vila, instalada em 3 de fevereiro de 1834. Em meados do século XIX, Arraias perdeu a condição de vila, passando a pertencer a Cavalcante e depois a Monte Alegre de Goiás. Em 31 de julho de 1861, readquiriu a condição de vila, desmembrando-se de Monte Alegre, que voltou a ser povoado agora subordinado a Arraias. Em 1º de agosto de 1914, Arraias foi elevada à categoria de "cidade", instalada em 19 de setembro do mesmo ano.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arraias (TO); Halum, César Hanna. Municípios tocantinenses - suas origens, seus nomes. Palmas: Provisão, 2008.

Autor do Histórico: Fernando Cézar Rodrigues Póvoa

(Fonte: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1)

DADOS BÁSICOS

População

Área Bioma 10.645 hab. 5.787 km2 Cerrado

(Fonte: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1)

Fim do conteúdo da página